Fotografia: Francisco de Assis

D. Nuno apela à «santificação comunitária» contra o «individualismo consumista»

Na eucaristia da festa da Imaculada Conceição da Virgem Maria.

Francisco de Assis
9 Dez 2018

A cripta do Sameiro encheu-se ontem de fiéis e de devotos para a festa da Imaculada Conceição da Virgem Maria, padroeira do Santuário.

A eucaristia solene foi celebrada por D. Nuno Almeida, bispo Auxiliar de Braga, que, na sua homilia, socorrendo-se também de mensagens do Santo Padre e do Arcebispo de Braga, lembrou que a «santificação é um caminho comunitário» e denunciou o «individualismo consumista» dos nossos dias. 

D. Nuno Almeida não se esqueceu que o Dia de Nossa Senhora da Conceição continua a ser o Dia da Mãe. Por isso, agradeceu à Mãe do Céu e deu os parabéns às mães presentes na cripa do Sameiro.

[Notícia completa na edição impressa do Diário do Minho]





Notícias relacionadas


Scroll Up