Fotografia: Vatican News

Cardeal próximo do Papa infetado pelo novo coronavírus

D. Angelo De Donatis, de 66 anos, foi hospitalizado com febre, encontrando-se estável e a receber tratamento antivírico.

Redação/Ecclesia
31 Mar 2020

O cardeal Cardeal Angelo de Donatis, “braço-direito” do Papa para a Diocese de Roma, está contagiado com o novo coronavírus e foi internado na Clínica Gemelli, para tratamento antiviral.

A informação foi avançada pelo site da diocese romana – cujo bispo é, segundo a tradição católica, o Papa – e pelo portal ‘Vatican News’.

O cardeal italiano, de 66 anos, esteve fora do Vaticano nos últimos dias e só falou com Francisco ao telefone, acrescenta o comunicado.

O vigário de Roma, o mais direto colaborador do Papa no governo da diocese da capital italiana, foi testado depois de manifestar alguns sintomas e encontra-se hospitalizado, em boas condições.

«Também estou a passar por esta provação, estou sereno e confiante», referiu D. Angelo de Donatis, que pede as orações da comunidade católica.

«Vivo este momento como uma oportunidade que a Providência me dá para partilhar os sofrimentos de tantos irmãos e irmãs. Ofereço a minha oração por eles, por toda a comunidade diocesana e pelos habitantes da cidade de Roma», acrescentou.

[Notícia completa na edição impressa do Diário do Minho]





Notícias relacionadas


Scroll Up