Fotografia: Carlos Dobreira

Desta vez foi a azul. Memorial do Cónego Melo vandalizado

Pichagens.

Nuno Cerqueira
15 Jun 2020

O memorial do Cónego Melo em Braga foi mais uma vez pichado, desta vez com tinta azul, esta madrugada.

As palavras “Max, 25, Abril, Assassino e Facho” e a letra “P” voltaram a ser sublinhadas, sendo que os autores são desconhecidos.

Segundo apurou este jornal, desde o dia 10 de junho que aquele memorial tem vindo a ser vandalizado com pichagens a vermelho, sendo que na madrugada do dia 14 os vândalos regressaram ao local para “reforçar o ato”.

Já na madrugada de hoje, e depois de ter corrida a informação e contra-informação de que os atos eram datados do dia 25 abril, os autores das pichagens foram ao local e utilizaram tinta azul para deixar marca.

O presidente da Câmara de Braga já veio a público afirmar que «a vandalização do local é recorrente» e separa mesmo qualquer  ligação ao atual estado de protestos que correm o mundo no âmbito do homicídio de George Floyd.

A autarquia afirmou ainda que o local será limpo hoje.





Notícias relacionadas


Scroll Up