Fotografia: Avelino Lima

Arquidiocese de Braga assegura Eucaristia diária através da Internet

Agravamento da pandemia leva à suspensão das celebrações comunitárias.

Jorge Oliveira
21 Jan 2021

O Arcebispo Primaz de Braga informou hoje, através de uma nota pastoral a propósito do novo confinamento, que a Arquidiocese transmite a Eucaristia diária pela Internet, a partir da Sé Catedral. De segunda-feira a sábado as missas são celebradas às 17h30 e ao domingo às 11h30.

D. Jorge Ortiga deixou esta garantia depois da Conferência Episcopal Portugal (CEP) ter pedido que sejam apresentadas «ofertas celebrativas, transmitidas em direto por via digital» face à suspensão das celebrações comunitárias, a partir de sábado, 23 de janeiro, devido ao agravar da situação pandémica no país.

Suspensas estão também a catequeses e outras atividades pastorais que impliquem contacto.

O Arcebispo de Braga, na mesma nota, intitulada “Está nas mãos de cada um!”, reconhece que a «celebração, oração, reflexão e partilha através dos meios de comunicação são uma ajuda que poderá levar conforto e luz a muitas pessoas e famílias, apoiando-as na solidão e na provação».

Assim, D. Jorge Ortiga pede aos párocos que, tendo possibilidades, providenciem nas suas comunidades a transmissão das Eucaristias diárias pela Internet.

Consciente da gravidade da situação que se vive, o Arcebispo de Braga apela a um «compromisso mais responsável» de todos, referindo que a pandemia «parece imparável, tendo em conta o número crescente de infetados e mortos», mas não é assim, «a solução está nas mãos de cada um».

«Urge que cada um se comporte como se o fim da pandemia dependesse de si. Trata-se de um dever de cidadania, civismo, humanismo, lucidez, sentido de pertença e de compromisso com o bem comum», assinala o prelado.

[Notícia completa na edição impressa do Diário do Minho]





Notícias relacionadas


Scroll Up