Fotografia: DR

Barcelos vai criar Ecomuseu do Rio Neiva

O lançamento das bases do projeto tem um financiamento de 110 mil euros de um programa comunitário.

Redação/Lusa
4 Mar 2021

O município de Barcelos vai criar o Ecomuseu do Rio Neiva para congregar os elementos materiais, tecnológicos e as vivências sociais e culturais daquele vale.

Em comunicado, a autarquia refere que o projeto tem duas fases, a primeira das quais consiste no lançamento das bases do ecomuseu, incluindo a criação de uma comissão instaladora, a inventariação do património material e imaterial do Vale do Neiva e a criação de suportes digitais (escritos e audiovisuais) sobre o património inventariado.

A definição e criação de rotas turístico-culturais e a criação de um espaço virtual do ecomuseu fazem igualmente parte da primeira fase.

A segunda fase do projeto consistirá na criação de um espaço físico para a sede do ecomuseu.

O lançamento das bases do projeto tem um financiamento de 110 mil euros do programa comunitário SUDOE, representado 75 por cento do total do investimento.

O SUDOE é um programa de cooperação territorial do espaço sudoeste europeu que visa a implementação de ações-piloto e estratégias de valorização do património cultural imaterial que promovam o desenvolvimento local sustentável e a coesão dos territórios.

Incide numa área geográfica alargada, que inclui a França (chefe de fila do programa), a Espanha e Portugal.





Notícias relacionadas


Scroll Up