Fotografia: DR

Barcelos Feira reabre em pleno com comerciantes satisfeitos e clientes animados

A Feira de Barcelos acolhe mais de 650 feirantes, de vários setores, o que implica uma enorme logística levada a cabo pelo Município para que sejam garantidas todas as condições de higiene e segurança.

Redação / NC
8 Abr 2021

O dia 8 de abril de 2021 volta a ser marcante para o comércio a retalho em banca, com a reabertura em pleno da Feira Semanal de Barcelos, uma das maiores e mais antigas feiras ao ar livre do país.

Durante a manhã, o presidente da Câmara de Barcelos, Miguel Costa Gomes, visitou o espaço e contactou com dezenas de comerciantes e clientes, que mostraram a sua satisfação e contentamento pela reabertura deste tão importante mercado de venda ao ar livre para a economia local e da região.

Acompanhado pela vereadora com o Pelouro das Feiras e Mercado, Anabela Real, e pelo Presidente da Assembleia Municipal, Horácio Barra, Miguel Costa Gomes aproveitou também o momento para dialogar com feirantes e fazer votos de que sejam cumpridas todas as regras de segurança, higiene e etiqueta respiratória.

«A Feira de Barcelos cumpre todas as exigências e normas legais e sanitárias determinadas pelas autoridades de saúde, garantindo a segurança de comerciantes e visitantes», afirmou o edil.

Recorde-se que a Feira Semanal foi encerrada, pela primeira vez no atual contexto de pandemia, em março de 2020, reabrindo, semanas mais tarde, com os setores da alimentação, legumes e venda de animais vivos. A 28 de maio de 2020, o espaço reabriu na totalidade, no entanto, devido ao agravamento da situação epidemiológica, foi necessário proceder ao seu encerramento parcial no início deste ano.

A Feira de Barcelos acolhe mais de 650 feirantes, de vários setores, o que implica uma enorme logística levada a cabo pelo Município para que sejam garantidas todas as condições de higiene e segurança.

O recinto continua vedado com gradeamento, havendo seis entradas controladas, com portarias de entrada e saída, monitorizadas por funcionários do Município e agentes da PSP. O uso de máscara ou viseira é obrigatório, assim como a desinfeção das mãos à entrada do recinto.





Notícias relacionadas


Scroll Up