Fotografia: UEFA

Trio português do City nas meias-finais da Champions League

Paris Saint-Germain-Manchester City e Real Madrid-Chelsea encontram-se nas meias-finais da Liga dos Campeões.

Redação / Lusa
14 Abr 2021

O Manchester City, clube inglês onde alinham os portugueses João Cancelo, Rúben Dias e Bernardo Silva, atletas formados no Benfica, carimbou, esta noite, a passagem às meias-finais da Liga dos Campeões, após vencer, na Alemanha, o Borussia de Dortmund.

No outro jogo da noite, o Real Madrid foi a Liverpool carimbar o apuramento para a fase seguinte da Champions League: empatou a zeros depois de, na primeira mão, ter vencido, na capital espanhola, o emblema britânico (3-1).

 

 

 

Chelsea eliminou Porto

O FC Porto falhou, ontem, o que seria a sua sétima presença nas meias-finais de uma competição europeia de clubes, e quarta na prova ‘rainha’, apesar o triunfo por 1-0 sobre o Chelsea, nos ‘quartos’ da ‘Champions’ 2020/21.

Depois do desaire por 2-0 na primeira mão, numa eliminatória jogada em Sevilha, os ‘dragões’ precisavam de uma recuperação inédita na Europa, mas só conseguiram um golo, num espetacular pontapé do iraniano Taremi, já aos 90+4 minutos.

Os ‘dragões’ continuam, assim, com seis presenças em meias-finais, sendo três na competição principal (1986/87, 1993/94 e 2003/04), uma na Taça das Taças (1983/84), uma na Taça UEFA (2002/03) e outra na Liga Europa (2010/11).

O ‘jejum’ para os portistas já dura, assim, há uma década.

Neste período, o Benfica esteve em duas meias-finais consecutivas, ambas da Liga Europa (2012/13 e 2013/14), reforçando a sua liderança entre os clubes portugueses.

O Benfica soma 14 presenças em meias-finais europeias, mais do que todos outros clubes juntos: seis do FC Porto, mais quatro do Sporting, uma do Boavista e outra do SC Braga.





Notícias relacionadas


Scroll Up