Fotografia: DR

Festivais da Região de Braga premeiam talento escutista

Barcelos recebeu evento organizado pela Junta Regional de Braga do CNE

Jorge Oliveira
3 Mai 2021

Os Festivais Escutistas da Região de Braga voltaram a marcar e a distinguir a diferença, em mais uma edição realizada no dia 1 de maio, em Barcelos, sob o lema “Ser +”.

Inspirada no exemplo de vida do beato Carlo Acutis, esta edição distinguiu o talento escutista em quatro categorias: Concurso de Fotografia Escutista, Festival Monsenhor Américo, Festival de Curtas-metragens (Escurtas) e concurso de talentos (Estalento).

O Agrupamento 1374 de Ribeirão (Núcleo de Famalicão) venceu o Festival Monsenhor Américo, com a canção “Para além de ti”, e recebeu ainda o prémio Melhor Interpretação.

No Festival de Curtas-metragens (Escurtas), o Agrupamento 184 de Joane (Núcleo de Famalicão) recebeu o prémio para a Melhor Curta e o prémio Melhor Argumento. O Agrupamento 1250 de Adães (Núcleo de Barcelos) recebeu o prémio Melhor Realização.

No concurso de talentos (Estalento), o primeiro prémio foi atribuído ao Agrupamento 439 de Vila do Conde (Núcleo Cego do Maio). Este Agrupamento recebeu ainda o prémio Escolha do Público.
Agrupamento Adães (Barcelos) venceu o Concurso de Fotografia Escutista.

Segundo a Junta Regional de Braga do CNE, entidade organizadora, para além da comemoração habitual, os Festivais Regionais contaram com testemunhos de figuras de destaque do mundo da música e da arte, assim como do Arcebispo Primaz de Braga, D. Jorge Ortiga, que salientou que a iniciativa «reflete as exigências de ser mais».

Por sua vez, o Chefe Nacional do CNE, Ivo Faria, destacou a diferença que a região marca com este evento e desejou que essa diferença «contagie, seja capaz de chegar aos outros e com isso também irradiar luz».

Doze anos anos depois, os Festivais Regionais voltaram à cidade de Barcelos para «incentivar e desencadear a descoberta de novos talentos através da promoção da criatividade e originalidade».
Da música à fotografia, do vídeo à recreação, o melhor do Escutismo da região foi desvendado neste evento artístico organizado pela Junta Regional de Braga.

[Notícia completa na edição impressa do Diário do Minho]





Notícias relacionadas


Scroll Up