Fotografia: CM Braga

Feira do Livro com 54 mil visitas e um volume de negócios de 100 mil euros

Certame encerra às 21h00 com um concerto pelo Orquestra Sinfónica de Braga

Joaquim Martins Fernandes
25 Jul 2021

Trinta cinco mil visitas físicas e 19 mil nas redes sociais.

É o balanço da edição deste ano da Feira do Livro de Braga, que gerou um volume de negócios próximo dos 100 mil euros.

Dos 80 mil exemplares que entraram na Feira, «foram vendidos 12 mil». A revelação foi feita hoje ao Diário do Minho pelo administrador da InvestBraga, Carlos Silva, que anunciou a intenção de realizar a edição de 2022 no centro da cidade.

«Esta edição foi claramente um êxito para um ano de pandemia», afirmou Carlos Silva, que justifica o balanço num inquérito realizado a todos os editores e livreiros que estiveram no certame e aos visitantes que se deslocaram ao Forum Braga.

Também a vereadora da Cultura da Câmara Municipal de Braga, Lídia Dias, considera que o evento «superou todas as expectativas» traçadas para uma edição que ficou marcada «por um vasto» programa cultural e de animação.

«Globalmente, a Feira do Livro de Braga correu muito bem e ultrapassou as nossas expectativas», afirmou Lídia Dias.

A titular da pasta da Cultura da autarquia bracarense reconheceu que a escolha de um espaço fechado – a Grande Nave do Altice Forum Braga – motivou alguma controvérsia, mas considera que foi «a melhor opção» para um período ainda dominado pela pandemia.
[Notícia completa na edição impressa do Diário do Minho]





Notícias relacionadas


Scroll Up