Fotografia: CMPL

Póvoa de Lanhoso: Caminho alternativo para São Bento para proteger peregrinos

«As pessoas que utilizarem esta alternativa podem disfrutar do caminho, enquanto cumprem a sua motivação religiosa ou lúdica», afirma a autarquia.

Nuno Cerqueira
28 Jul 2021

A Câmara da Póvoa de Lanhoso anunciou hoje um caminho alternativo, devidamente autorizado, para os peregrinos que todos os anos atravessam o concelho rumo ao São Bento da Porta Aberta em Terras de Bouro.

O objetivo principal foi devolver segurança aos peregrinos.

«Utilizando, maioritariamente, as estradas nacionais ou municipais do concelho povoense, milhares de pessoas dirigem-se, anualmente, ao Santuário de São Bento da Porta Aberta, no vizinho concelho de Terras de Bouro, o que acontece sobretudo nesta altura do ano. Principalmente pela falta de segurança, sobretudo para quem caminha à noite, a Câmara da Póvoa de Lanhoso encetou contactos com a Irmandade de São Bento da Porta Aberta com o propósito de obter autorização para utilizar a imagem de marca do caminho de São Bento, aplicada já em concelhos vizinhos, para sinalizar um itinerário alternativo no território povoense. Desde então, estudou-se um percurso que contempla estradas secundárias e caminhos rurais, evitando as movimentadas EN310 e EN103», lê-se na nota de imprensa.

A autarquia já concluiu a marcação do caminho alternativo, que liga Santo Emilião a Serzedelo, numa extensão de aproximadamente 18 quilómetros, com o símbolo de São Bento da Porta Aberta e setas direcionais, tudo em azulejo, estando ainda em fase de conclusão a aplicação de dois painéis informativos que apelam à utilização deste caminho mais seguro e cómodo para os peregrinos.

«As pessoas que utilizarem esta alternativa podem disfrutar do caminho, enquanto cumprem a sua motivação religiosa ou lúdica», afirma a autarquia.





Notícias relacionadas


Scroll Up