Espaço do Diário do Minho

PAIS & FILHOS – A escola começou! A minha casa esta do avesso!

16 Set 2021
Elisabete Costa

O início do mês de setembro, traz consigo a ansiedade do regresso às aulas … Neste ano letivo, em particular, muitos são os receios e os desafios impostos às famílias, sendo fundamental uma grande participação e gestão por parte dos pais. Além disto, as dinâmicas familiares alteram-se com o início das aulas e torna-se crucial definir uma nova rotina familiar.

Neste sentido, o tema escolhido para esta semana é “A escola começou! A minha casa está do avesso!”. Iremos falar-vos um bocadinho da criação de uma nova rotina e das tarefas familiares.

Mas então o que é isto de rotinas?

Podemos dizer que a rotina é um conjunto de diferentes atividades que são feitas no dia-a-dia de uma família, definindo o que deve ser feito e em que momento, sendo necessário obedecer a um conjunto de hábitos, horários e regras, mais ou menos definidos.

Importa ainda dizer que as rotinas nas famílias com crianças devem ser: claras e bem definidas; negociadas; flexíveis; consistentes, tendo em conta a idade e devem ainda ser divertidas de modo a possibilitar diferentes experiências a toda a família.

Com o regresso às aulas, torna-se importante reorganizar o dia-a-dia, de forma a dar resposta às rotinas e horários de toda a família, o que se torna, sem dúvida, numa tarefa exigente para os pais … um verdadeiro DESAFIO!

São várias as vantagens da existência de uma rotina familiar, no desenvolvimento de uma criança. Aproveitamos para destacar as seguintes:

  • Desenvolve comportamentos mais apropriados e positivos;

  • Tem maior facilidade na gestão do tempo e na organização;

  • As regras são aceites e compreendidas de forma mais simples;

  • Ajuda a criança a melhorar a sua estabilidade emocional, sentindo-se mais segura, confiante, com maior sentido de responsabilidade e autonomia.

Mas nem sempre se consegue ter uma casa arrumada, cheirosa e completamente organizada. Muito pelo contrário … muitas das vezes a casa está mesmo do avesso! É preciso por mãos à obra e definir um conjunto de tarefas, quem as pode cumprir e quando. E para isto, é preciso uma família inteira para cuidar de uma casa.

Assim, e para que tudo funcione e se torne mais fácil, deixamo-vos uma dica: criem um quadro com todas as tarefas domésticas essenciais. Depois reúna toda a família e definam, em conjunto, os dias em que devem ser realizadas, a pessoa que as deve cumprir e a forma de como isso deve ser visto como um objetivo alcançado. De seguida, construam o vosso próprio quadro de tarefas. Este pode ser mais simples ou mais criativo, o importante é que tenha a “vossa cara” e que toda a família o perceba! Escolham o local ideal para ser colocado e iniciem esta aventura em conjunto!

Por fim e, para que tudo isto funcione, lembre-se que não existem famílias perfeitas, todas têm as suas particularidades e os seus encantos. Não se esqueça que em conjunto tudo se torna mais leve e todos podem ser ainda mais felizes! A sua casa pode deixar de estar do avesso e os seus filhos podem tornar-se nuns verdadeiros heróis no que diz respeito às tarefas lá de casa!



Mais de Elisabete Costa

Elisabete Costa - 7 Out 2021

Como impor regras e limites com amor e firmeza? Esta é uma pergunta bastante recorrente no dia-a-dia dos pais. Se por um lado, querem impor disciplina e alguma autoridade ao seu filho, por outro querem ser sinónimo de amor e carinho. Encontrar este equilíbrio nem sempre é fácil, mas acredite que é possível. Hoje, serão […]

Elisabete Costa - 8 Jul 2021

Para os pais, uma das decisões mais difíceis a tomar depois do divórcio, é decidir com quem os filhos ficam a viver. Outra solução é os filhos ficarem a viver, alternadamente, com cada um dos pais, em regime de guarda partilhada. Isto só é possível, se os pais evitarem conflitos e mantiverem uma comunicação clara […]

Elisabete Costa - 17 Jun 2021

A forma como falamos e transmitimos as mensagens e as entendemos, depende essencialmente de como vemos as coisas, e o mundo de uma forma geral. Entre pais e filhos, muitas vezes, o encontro destas diferentes perceções parece colidir, o que origina discórdia, discussões ou até mesmo, a ausência de diálogo. Quando tentamos falar com o […]


Scroll Up