Espaço do Diário do Minho

Comunicações Eletrónicas em 2020

25 Set 2021
Fernando Viana

Na sociedade atual, as comunicações eletrónicas são fundamentais para todos: cidadãos, empresas e instituições. É impensável viver hoje sem comunicações eletrónicas. Por comunicações eletrónicas referimos essencialmente os serviços de telefone fixo, telefone móvel, internet fixa, internet móvel e TV por cabo.

A ANACOM (Autoridade Nacional das Comunicações) publicou recentemente no seu portal o Relatório “O Setor das Comunicações em 2020” que carateriza o setor das comunicações em 2020 e a sua evolução ao longo do ano. É um documento fundamental para quem quiser conhecer o estado do setor em Portugal.

De acordo com esse documento e segundo o Instituto Nacional de Estatística (INE), em 2020 apenas 1,7% das famílias não tinham acesso ao serviço telefónico fixo ou móvel e 18% das pessoas nunca tinham utilizado a Internet (os designados infoexcluídos).

O ano de 2020 foi dominado pela pandemia da Covid-19, que teve um impacto significativo na utilização das comunicações eletrónicas (e também nas postais, que o documento também abrange). O tráfego de dados (Internet) e de voz, a penetração dos serviços “over-the-top” (OTT, que abrange os serviços de mensagens instantâneas como o WhatsApp, serviços de chamada de vídeo e de voz como o Skype, serviços audiovisuais como a Netflix ou o Spotify, redes sociais e jogos online, entre outros) e o tráfego de encomendas aumentaram de forma muito significativa em resultado da alteração dos comportamentos provocada pela Covid-19. No caso da Internet fixa o aumento foi na ordem dos 55%, 16,4% no caso dos telemóveis e 7% no caso do telefone fixo. O tráfego de encomendas (que reflete o aumento do comércio eletrónico) aumentou cerca de 20%. Estima-se que em 2020, 44% das pessoas efetuaram compras online e 12% venderam por esse canal. Em 2020 diminuíram o tráfego de SMS, a Internet móvel, o tráfego de serviços postais e o roaming internacional.

Fruto dos tempos, também a Internet das Coisas (IoT – Internet of Things) ganhou expressão. Em 2020, cerca de 30% dos utilizadores de Internet dispunham de algum equipamento de uso pessoal com acesso à Internet (pode ir desde um simples relógio inteligente a pulseiras de fitness, óculos ou auscultadores conectados à Internet, aparelhos de GPS, automóveis conectados à Internet pelo fabricante, etc.).

Os serviços OTT são cada vez mais utilizados e cresceram significativamente com a pandemia. Em 2020, cerca de 55% das pessoas fizeram chamadas de vídeo/voz pela Internet. A utilização de serviços de streaming, como a Netflix/HBO atingiu 26% dos portugueses em 2020.

Entre os utilizadores de Internet, cerca de 80% acedeu a redes sociais (como o Facebook), 70% ouviram música online, 60% utilizaram o homebanking, 50% visualizaram vídeos a partir de serviços de partilha, 43% assistiram a programas de televisão, 38% jogaram online, 31% contactaram com professores, formadores, alunos ou formandos a partir de um portal educativo e 18% frequentaram cursos online.

Trata-se de um documento fascinante para quem estiver interessado ou trabalhe com o setor ou precise de dados sobre este tema e que nos permite ter uma imagem muito nítida sobre a importância que as comunicações em geral e as eletrónicas em particular têm sobre a nossa vida. Somos, em definitivo, animais sociais que comunicam cada vez mais através da Internet, com a qual nos familiarizamos e utilizamos de forma quase intuitiva. São verdadeiramente um serviço público essencial. Caso pretenda, pode aceder a este documento, que se encontra disponível no portal da ANACOM (www.anacom.pt).



Mais de Fernando Viana

Fernando Viana - 16 Out 2021

A compra e venda de bens de consumo e bem assim a prestação de serviços pode hoje ser feita com recurso a diversas modalidades. A quantidade de transações que efetuamos hoje não tem nada a ver com as que se faziam há 30 ou 40 anos atrás. As próprias modalidades em que é hoje possível […]

Fernando Viana - 9 Out 2021

O mundo acompanhou com algum interesse as notícias que foram circulando nos mais variados meios de comunicação social, primeiro relativamente ao desaparecimento de uma jovem americana de 22 anos (Gabby Petito) no final do passado mês de agosto e depois ao homicídio de que foi vítima. Gabby e o namorado (Laundrue) eram youtubers e estavam […]

Fernando Viana - 2 Out 2021

Nos idos de 2012, durante a grande crise financeira que abalou fortemente os alicerces da economia mundial e que, no caso português, implicou mesmo uma operação de resgate que nos trouxe a troika (FMI, BCE e Comissão Europeia), foram tomadas diversas medidas tendo em vista ajudar as famílias portuguesas a recuperarem das grandes dificuldades porque […]


Scroll Up