Fotografia: SC Braga

SAD do SC Braga com prejuízo de 1,9 ME em 2020/2021

Passivo desceu, ativo subiu e venda de Esgaio (5,5 ME) ainda não entrou neste exercício.

Redação / Lusa
11 Out 2021

A SAD do Sporting de Braga apresentou um prejuízo de 1,9 milhões de euros (ME) na época 2020/21, resultado que não inclui os 5,5 ME da venda de Ricardo Esgaio ao Sporting, três dias após o fecho das contas.

Ao resultado negativo de 1,9 ME soma-se um EBITDA (lucros antes de juros, impostos, depreciações e amortizações) de 6,8 ME, resultados muito aquém dos da época anterior, em que a SAD bracarense apresentou um lucro recorde de 22 ME e um EBITDA de 30,2 ME.

Os responsáveis ‘arsenalistas’ lembram o “exercício de complexidade extrema” devido à pandemia de covid-19, considerando que, apesar disso, os resultados da SAD “superaram as expectativas previstas”, que apontavam para um resultado negativo de 2,6 ME.

O Sporting de Braga frisa que estes números são ainda de “maior relevo considerando que não refletem os ganhos associados à operação de alienação dos direitos de inscrição desportiva do atleta Ricardo Esgaio (concluída a 03 de julho de 2021), que ascenderam a 5,5 ME”.





Notícias relacionadas


Scroll Up