Fotografia: Francisco de Assis

Charters de Almeida emocionado com restauro dos azulejos da Cupertino de Miranda

São cerca de 54 mil peças em quatro painéis distintos

Francisco de Assis
14 Out 2021

O autor dos azulejos que revestem o edificio principal da Fundação Cupertino de Miranda, em Famalicão, esteve hoje no local, onde a sua obra, feita em 1968, está a ser recuperada.

Bem disposto, Charters de Almeida mostrou-se «feliz e emocionado» não só pelo restauro em si, que preserva o seu nome, mas também pela qualidade do mesmo e o envolvimento dos famalicenses, que têm nos azulejos uma das suas imagens de marca.

[Notícia completa na edição impressa do Diário do Minho]

 





Notícias relacionadas


Scroll Up