Fotografia: Dioceses e Avelino Lima

Guarda distingue três bispos com medalhas municipais no “Dia da Cidade”

A proposta de atribuição das distinções municipais foi apresentada pelo presidente da autarquia, Sérgio Costa, na reunião de segunda-feira do executivo municipal e obteve aprovação por unanimidade.

Redação / NC
23 Nov 2021

A Câmara da Guarda vai atribuir, no Dia da Cidade, que se assinala no sábado, medalhas de honra municipais aos atuais bispos da Guarda, Aveiro e Viseu, “três figuras muito importantes” para o concelho, segundo a autarquia.

A proposta de atribuição das distinções municipais foi apresentada pelo presidente da autarquia, Sérgio Costa, na reunião de segunda-feira do executivo municipal e obteve aprovação por unanimidade.

Segundo o autarca, no Dia da Cidade, o município que lidera desde 16 de outubro vai homenagear “três figuras muito importantes para a Guarda”: os bispos Manuel Felício (atual bispo da Guarda), António Moiteiro (bispo de Aveiro) e António Luciano (bispo de Viseu).

No final da reunião quinzenal do executivo, onde o assunto foi abordado, Sérgio Costa referiu que os homenageados, que vão ser agraciados com a Medalha de Honra do Município – Grau Ouro, distinguem-se “pelos seus serviços de muito excecional relevância, com contributos para com a comunidade ou atos praticados (…) e que contribuíram, e alguns deles continuam a contribuir, para o engrandecimento da cidade e do concelho”.

Em relação ao bispo Manuel Felício, o autarca refere na proposta que a distinção justifica-se “por todo um proeminente e reservado trabalho de entrega e dedicação na defesa de uma causa tão nobre e um ideal de vida, pela coragem e abnegação de entrega aos que mais necessitam, e por todos aqueles que carecem de um porto de abrigo, da proximidade, de uma voz orientadora, de uma mão amiga e de um relacionamento fraterno, de justiça e humanização, e como estímulo à prossecução de tão notável serviço”.

Sérgio Costa lembrou que o bispo de Aveiro, António Moiteiro, “fez grande parte da sua vida” na Guarda e o prelado diocesano de Viseu, António Luciano, “muito fez pelas nossas terras, enquanto cá esteve, durante uma boa parte da sua vida”.

A atribuição das distinções aos três bispos “é uma justa homenagem no Dia da Cidade”, assumiu.

O responsável adiantou que o município da Guarda retoma este ano a homenagem aos funcionários da autarquia que se aposentaram nos últimos dois anos “que tenham revelado no exercício do seu cargo assiduidade, exemplar comportamento e reconhecida dedicação”.

“E foi isto que todos eles fizeram ao longo da sua vida”, disse, para justificar a atribuição das Medalhas de Excelência e Dedicação do Município da Guarda – Grau Prata.

As várias distinções são atribuídas ao abrigo do Regulamento Municipal de Condecorações do Município da Guarda que está em vigor desde 2015.

As medalhas serão entregues na sessão solene comemorativa do 822.º aniversário da cidade da Guarda, que terá lugar no sábado, pelas 10:45, na Sala António de Almeida Santos, no edifício dos Paços do Concelho.

Naquele dia, a Câmara Municipal da Guarda assinala a atribuição, em 27 de novembro de 1199, pelo Rei Dom Sancho I, da Carta de Foral, documento que marcou o nascimento da cidade mais alta do país.

 





Notícias relacionadas


Scroll Up