Fotografia: DR

Portugal está longe de atingir “linhas vermelhas” no SNS

Mariana Vieira da Silva afasta, pelo menos a curto prazo, novas medidas restritivas para o combate à pandemia.

Redação/Lusa
2 Dez 2021

O Governo considerou hoje que, apesar do gradual aumento da incidência da covid-19, em Portugal, o país está ainda longe de atingir as “linhas vermelhas”, designadamente no que respeita a internados em cuidados intensivos.

Esta posição foi transmitida pela ministra de Estado e da Presidência, Mariana Vieira da Silva, no final da reunião do Conselho de Ministros, numa conferência de imprensa em que afastou, pelo menos a curto prazo, novas medidas restritivas para o combate à pandemia.

“Julgamos que as medidas que entraram em vigor ontem [na quarta-feira] são as necessárias”, declarou Mariana Vieira da Silva, elogiando depois o grau de cumprimento verificado em relação a essas novas medidas, assim como o número recorde de testes realizados em Portugal.





Notícias relacionadas


Scroll Up